Páginas

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Two and a Half Men(dois homens e meio) Muda !


Se você acessou a internet nos últimos três meses, a polêmica envolvendo Charlie Sheen e Chuck Lorre, o criador de Two and a Half Men, não é novidade. A vida desregrada do ator, que serviu de mote para a criação da série, acabou fazendo o feitiço virar contra o feiticeiro e a situação ficou insustentável.

Charlie, famoso por escândalos com drogas, prostitutas e casamentos arruinados, havia sossegado o facho no começo da série. Chuck Lorre foi pego de surpresa quando os maus hábitos voltaram a ser rotina durante a 7ª temporada. Quando Charlie começou a aparecer na mídia defendendo o “uso social” da cocaína, o produtor achou melhor colocar Two and a Half Man em hiato.

Muitas declarações, entrevistas e birrinhas depois, Lorre bateu o martelo: Charlie estava fora do programa e era hora de procurar outra pessoa. Entre os cotadíssimos Rob Lowe, John Stamos e Hugh Grant, o escolhido para subistituir o mulherengo irônico ,bebado... e mestre com as mulheres foi Ashton Kutchero.

Na boa para uam hora ia mudar mas sinceramente não vai ser legal,charles vive o personagem na vida real (kkk)ou contrario do de chapeuzinho,mais a suas razões.
(retirado da superinteresante com poucas modificações)

quarta-feira, 18 de maio de 2011

O pão francês pode acabar !!!


pensou em ter que tirar, para sempre, da sua dieta o delicioso pão francês? Pois um estudo realizado pelos pesquisadores da Science concluiu que, por culpa do aquecimento global, estamos cada dia mais perto dessa realidade.
A pesquisa analisou o impacto das mudanças climáticas nas quatro principais culturas consumidas pela população mundial – trigo, arroz, milho e soja – e concluiu que a produção do trigo é a mais afetada pelo aumento da temperatura: atualmente, ela está 5,5% menor do que se os termômetros não tivessem subido e a tendência é essa porcentagem aumentar junto com a temperatura global.

Sendo assim, a produção de todos os alimentos à base de trigo – como pães, massas e bolachas – sofrerá redução, mas a maior ameaça é à fabricação do pão francês. Isso porque, de acordo com os pesquisadores, a iguaria é uma das que possui maior teor de glúten: uma proteína encontrada na semente do trigo.

Ainda segundo os cientistas, por enquanto, os avanços nas tecnologias de produção estão dando conta de combater os efeitos da natureza e manter o ritmo de fabricação da iguaria, mas, quanto mais a temperatura subir, mais difícil será evitar o desaparecimento do pãozinho francês. Será que, com essa notícia, mais pessoas se animam a lutar contra o aquecimento global?

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Oxi nova forma de matar...



Se não bastasse o efeito devastador do uso do crack, que tem se espalhado pelas regiões sul e sudeste do Brasil, uma nova droga foi descoberta recentemente no estado do Acre, fronteira com a Bolívia. Possivelmente uma das mais potentes e perigosas drogas conhecidas, o oxi ou oxidado, como é conhecido pelos seus usuários, é uma variante do crack. A diferença é que, na elaboração, ao invés de se acrescentar bicarbonato e amoníaco ao cloridatro de cocaína, como é o caso do crack, adiciona-se querosene(ou gasolina) e cal virgem para obter o oxi. “A gente tinha idéia de que havia essa droga, mas nenhuma estudo científico comprovava”, conta Álvaro Ramos, presidente da ONG Rede Acreana de Redução de Danos – Reard.

Durante 2003 e 2004, a Reard pesquisou 75 casos de usuários de drogas provenientes do refugo – ou resto – da produção de cocaína boliviana. O foco do estudo, em princípio, era acompanhar o uso de mescla oumerla, droga amplamente usada nas cidades acreanas, e a vulnerabilidade dos usuários à Aids e demais doenças sexualmente transmissíveis. A mescla é uma espécie de “tia” mais rudimentar do crack, produzida a partir do refugo da cocaína, mais alguns produtos químicos como cal, querosene, acetona, solução de bateria elétrica etc. “Depende do traficante e de que produtos ele tem à mão”, diz Álvaro Mendes.

Prova de poder:Médicos dizem que ela é tão poderosa que no mesmo momento que a pessoa vicia nela a pessoa ja não se importa mais com crack ou qualquer outra droga,a psicoterapeuta diz que mesmo sendo mais forte ela facilita o tratamento por não ter um paramêtro com efeitos de outras drogas(a pessoa si liberta de todas as outras)por tão forte ser o efeito.

Preço ?:Cada pedra custa de 3,00 R$ A 5,00 R$ contrário do crack que é R$10,00 e ainda o oxi tem o efeito bem mais poderoso porém menos tempo, uma pessoa viu um usuario usar o oxi ele passou em estado de vomito deitado no chão e ainda ´´tirava um barato com aquilo e usava mais ainda quando conseguia se levantar``.

Porque tantos danos ? :Um professor de toxicologia disse que o grande vilão é o cal virgen usado para dar liga ao produto final onde quando é inalado vai aos pulmões petrifica e distroi os alvéolos(responsavel pela troca gasosa na respiração)e ainda a poucas informações sobre elas ,um viciado em oxi sua espequitativa de vida cai para menos de um ano após o uso.

A quanto tempo ?
Ja foi inventada a 10 anos no acre afirman só que agora que foi se espalhar para outras partes do país e resolveram tomar providências (poucas por sinal) sobre o assunto.
Por Hélio Pedroso